Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Confrontos em Milwaukee

Uma multidão de manifestantes atacou viaturas da polícia e ateou fogo a várias lojas.
15 de Agosto de 2016 às 08:38
Homem ferido a tiro durante os confrontos
Homem ferido a tiro durante os confrontos FOTO: Aaron P. Bernstein/Reuters
Militares da guarda nacional foram mobilizados no domingo pelo governador do Wisconsin para restaurar a calma em Milwaukee, após confrontos entre manifestantes e a polícia norte-americana, desencadeados depois de as forças da ordem terem morto um suspeito.

Na noite de sábado para domingo, uma multidão de manifestantes atacou viaturas da polícia e ateou fogo a várias lojas da cidade situada a cerca de 130 quilómetros a norte de Chicago, nos Estados Unidos.

"Em resposta a um pedido de David Clarke, xerife do condado de Milwaukee e depois de discussões (...), mobilizei a guarda nacional do Wisconsin, de forma a dar um apoio forte à polícia local", disse o governador Scott Walker, em comunicado.

Estes militares só entram em ação se a polícia o considerar necessário, disse no domingo o autarca local, Tom Barrett, que acrescentou que 125 membros da guarda nacional estavam a caminho de Milwaukee.

O incidente que resultou numa vítima mortal ocorreu no sábado, quando dois polícias detiveram dois suspeitos numa viatura e um deles se colocou em fuga, a pé. "Durante a perseguição, um dos polícias atirou contra um suspeito armado com uma pistola semi-automática", que morreu no local, informou a polícia de Milwaukee.

Segundo a polícia, o suspeito de 23 anos, Sylville Smith, tinha registo criminal e a sua arma tinha sido roubada em março.



Wisconsin Milwaukee Chicago Estados Unidos David Clarke confrontos
Ver comentários