Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Conheça os aviões militares que Portugal comprou ao Brasil

Michel Temer confirmou negócio do Governo português com a Embraer.
Daniela Espírito Santo 31 de Agosto de 2017 às 12:15
António Costa já conheceu o KC-390 que Portugal adquiriu ao Brasil
António Costa já conheceu o KC-390 que Portugal adquiriu ao Brasil
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
António Costa já conheceu o KC-390 que Portugal adquiriu ao Brasil
António Costa já conheceu o KC-390 que Portugal adquiriu ao Brasil
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
António Costa já conheceu o KC-390 que Portugal adquiriu ao Brasil
António Costa já conheceu o KC-390 que Portugal adquiriu ao Brasil
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390
KC-390

O presidente Michel Temer confirmou, esta quinta-feira, a aquisição por parte de Portugal de seis cargueiros KC-390 à brasileira Embraer.

Num vídeo publicado no Twitter, o presidente brasileiro garantiu que o negócio já foi acertado e que o Governo português vai mesmo optar por comprar seis aviões para fins militares. A oficialização da compra foi feita por Marcelo Rebelo de Sousa na curta passagem de Temer por Lisboa, esta quarta-feira. 

As negociações já eram conhecidas e, em junho, o Governo já tinha aprovado, em Conselho de Ministros, o início das negociações para a aquisição de cinco aparelhos, com a opção de compra de mais uma unidade (facto que se veio a confirmar esta quinta-feira). 

Este avião, que será usado para substituir os Hércules C-130 que servem, atualmente, a Força Aérea Portuguesa. É um aparelho multifunções e está adaptado ao transporte e lançamento de carga e militares com enorme precisão, estando igualmente apto para realizar operações de busca e resgate e até para fazer combate a incêndios. É capaz de fazer reabastecimentos em voo. 

Com dois motores turbofan Pratt & Whitney, tem capacidade para transportar 23 toneladas de carga e espaço suficiente para transportar veículos. 

É o maior avião produzido na América Latina e, desde que foi anunciado em 2009, que tem sido sugerido para reforçar ou renovar frotas militares um pouco por todo o planeta. 

Avião brasileiro com peças portuguesas
O cargueiro militar KC-390 pertence à brasileira Embraer mas a OGMA, situada em Alverca, contribui com peças necessárias à sua composição. Em Portugal, são fabricadas peças que, sobretudo, compõem a secção central da fuselagem. 

A parceria entre os dois países no desenvolvimento e produção desta aeronave já tinha sido acertada em julho do ano passado. 

Para além de Portugal, também a República Checa e a Argentina fornecem material para a constituição do aparelho e figuram entre as bandeiras de origem da aeronave. 

Todos os países envolvidos neste projeto assinaram compromissos de compra.

O valor da transacção não foi divulgado mas, segundo avançou o Jornal de Negócios em junho, a compra deverá rondar os 70 milhões de euros por aeronave. 



O encontro entre os presidentes português e brasileiro onde se firmou este negócio aconteceu esta quarta-feira durante uma escala da comitiva brasileira que acompanha Temer à Ásia: o Presidente do Brasil foi ao encontro do grupo político de cooperação Brics, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)