Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

CONSELHO DE SEGURANÇA CONDENA ATAQUE EM GAZA

A reunião de emergência realizada a noite passada no Conselho de Segurança da ONU, solicitada pelos países árabes, ficou marcada pela condenação da maioria dos países-membros ao raide aéreo israelita sobre um bloco de apartamentos da cidade de Gaza, que na passada segunda-feira causou a morte a 15 palestinianos e cerca de centena e meia de feridos.
25 de Julho de 2002 às 11:57
CONSELHO DE SEGURANÇA CONDENA ATAQUE EM GAZA
CONSELHO DE SEGURANÇA CONDENA ATAQUE EM GAZA
Os países árabes apresentaram ao Conselho de Segurança uma proposta de resolução a pedir o fim dos actos de violência, incluindo as acções militares, e a exigir a retirada das forças de ocupação israelitas das cidades palestinianas para as posições que ocupavam antes de Setembro de 2000.

Horas antes do debate, Nasser Al-Kidwa, observador da Palestina na ONU, havia classificado o ataque aéreo que matou Salah Shehada, líder das Brigadas Ezzedin- al-Qassam, o braço armado do Hamas, como um “crime de guerra”. Segundo Al-Kidwa, o primeiro-ministro israelita, Ariel Sharon, e os responsáveis militares pela operação deveriam responder perante o Tribunal Penal Internacional.

Por sua vez, o representante israelita, Aaron Jacob, justificou os ataques israelitas como “mais um esforço para proteger os civis israelitas” dos atentados suicidas palestinianos, alegando que o Governo israelita foi obrigado a agir devido ao fracasso da Autoridade Nacional Palestiniana (ANP) para deter as acções terroristas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)