Sub-categorias

Notícia

Copiloto suspeito de fumar no avião causou queda de mais de 7.500 metros

Queda a pique do avião durante dez minutos, que aconteceu esta semana, deveu-se a um erro.
Por Lusa|13.07.18

A queda a pique do avião num voo da Air China, durante dez minutos, esta semana, deveu-se a um erro do copiloto, que estava a fumar um cigarro eletrónico, divulgaram esta sexta-feira as autoridades.

As investigações preliminares revelam que o copiloto tentou, sem avisar o piloto, desligar o ventilador de circulação do ar, para evitar que o fumo chegasse à cabine.

"No entanto, terá por engano desligado o aparelho de ar condicionado que estava ao lado, resultando em oxigénio insuficiente na cabine e um alerta de altitude", afirmou um responsável da Administração Civil da China, citado pela agência noticiosa oficial Xinhua.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!