Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Cor da pele é entrave menor para adotar no Brasil

São cada vez menos os futuros pais preocupados com a cor da pele das crianças a adotar.
28 de Janeiro de 2014 às 18:19
adoção, pele, brasil, crianças
adoção, pele, brasil, crianças FOTO: Getty Images

Cada vez menos os brasileiros ligam à cor da pele na hora de adotarem uma criança. Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça mostram que, atualmente, 42% dos brasileiros que querem adoptar uma criança não se importam com a cor da pele do menor. Em 2011, esta era uma vontade de apenas 31%.

Há neste momento 30.161 a querer adotar e apenas 5.446 crianças e adolescentes à espera de ser adotada. Acontece que, apesar da mudança comportamental de quem quer adotar, a situação não melhorou muito para os menores. Os futuros pais ligam cada vez menos à cor da pele, mas continuam a fazer outras exigências que impedem a conclusão do processo favoravelmente.

De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, só 19% dos futuros pais aceitam adotar irmãos, mas 37% das crianças à espera de adopção têm pelo menos um irmão com eles. Por outro lado, 53% dos candidatos à adoção querem adotar uma criança de, no máximo, dois anos, para poderem vivenciar todas as fases da paternidade. E esta é a parte pior: só 2% das crianças à espera de serem adoptadas estão nesta situação.

adoção pele brasil crianças
Ver comentários