Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Coreia do Norte manifesta "solidariedade" para com governos de Cuba e Venezuela

Em causas estão as sanções económicas que os EUA impuseram contra Caracas.
Lusa 24 de Setembro de 2017 às 04:48
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho
Ri Yong-ho

A Coreia do Norte manifestou no sábado "solidariedade" em relação a Cuba e à Venezuela, perante as arbitrariedades dos Estados Unidos, que recentemente impuseram sanções económicas contra Caracas.

"Um forte apoio e solidariedade para com o Governo cubano e o seu povo, que está a lutar para defender e alcançar a justiça internacional contra as arbitrariedades e o embargo unilateral dos Estados Unidos", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte.

A posição da Coreia do Norte foi dada a conhecer por Ri Yong Ho durante um discurso na Assembleia Geral da ONU.

"Também expressamos um forte apoio e solidariedade para com o Governo e o povo da Venezuela, que está a lutar para defender a soberania nacional e a causa do socialismo", disse.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)