Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Corpo de atriz porno italiana desmembrado e atirado ao lixo pelo vizinho

Homem já foi detido e confessou o crime.  
Correio da Manhã 30 de Março de 2022 às 16:51
Davide Montana confessou o crime
Davide Montana confessou o crime FOTO: Direitos Reservados
Uma atriz porno italiana, que estava desaparecida desde janeiro, foi assassinada pelo vizinho, que desmembrou o corpo. A polícia local encontrou partes do cadáver espalhadas em vários sacos de lixo, em Borno, perto de Brescia. O homem já foi detido e confessou o crime.  

Segundo o Daily Mail, as autoridades conseguiram identificar 6 das 12 tatuagens de Carol Maltesi. Acredita-se que os restos mortais da vítima tenham sido mantidos num congelador, pois começaram a derreter com o sol.

O vizinho Davide Fontana, de 43 anos, com quem Carol terá tido um relacionamento este ano, foi preso após entrar numa esquadra a oferecer "informações" sobre o caso, o que foi considerado suspeito. As câmaras de trânsito também registaram o seu carro na área de Borno antes do assassinato. Por fim, Fontana revelou às autoridades que matou a vítima com um martelo durante um "jogo erótico".

Depois do crime, o suspeito terá continuado a usar o telemóvel de Carol. Chegou a enviar mensagens à mãe da vítima, a dizer que a filha tinha desistido da pornografia, segundo o mesmo jornal. Fontana, acusado por três crimes diferentes, também respondeu aos fãs da atriz. 

Carol Maltesi, que era conhecida por Charlotte Angie, tinha 26 anos e deixou um filho de seis para trás.

Davide Fontana Carol Maltesi Borno crime lei e justiça porno Itália
Ver comentários
}