Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Crescem divisões entre os rebeldes

Numa altura em que se intensificam os combates para a conquista dos últimos bastiões de Muammar Kadhafi, Sirte e Bani Walid, surgem crescentes e preocupantes divisões no seio dos rebeldes líbios. Desentendimentos entre forças afectas à nova liderança do país que ameaçam comprometer a transição para um regime sólido.

9 de Outubro de 2011 às 01:00
As forças rebeldes continuam a encontrar grande resistência nas localidades dominadas pelos homens de Kadhafi
As forças rebeldes continuam a encontrar grande resistência nas localidades dominadas pelos homens de Kadhafi FOTO: REUTERS

Quase dois meses após a queda de Tripoli, os dias de forte unidade entre os membros do Conselho Nacional de Transição (CNT) parecem agora evoluir para uma espiral de conflitos internos. Rivalidades regionais surgidas nos últimos dias entre os combatentes das montanhas ocidentais e os de Tripoli incendiaram os ânimos na capital. Em alguns bairros, líderes rebeldes reclamam mesmo soberania para as suas facções, ao mesmo tempo que decorrem acesas disputas pela constituição de um conselho militar.

Semelhantes divisões existem entre a liderança islamista do país, cada vez mais instável, apesar dos avanços das suas forças no terreno. Em Sirte, terra natal do ex-líder líbio, uma centena de veículos militares dos rebeldes, equipados com armamento pesado, tomaram de assalto a zona sul da cidade, avançando depois para o centro. Recebidos por forças lealistas, apoiadas por snipers, foram forçados a recuar.

LÍBIA REBELDES KADHAFI
Ver comentários