Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Criança de 12 anos desenvolve fobia a pelos faciais depois de agressão

Ataque violento deixou vários ferimentos. Caso aconteceu em Inglaterra.
Correio da Manhã 4 de Setembro de 2019 às 19:13
Criança
Polícia
Criança
Polícia
Criança
Polícia

Um menino de 12 anos foi agredido e atirado ao rio por um homem barbudo, na sexta-feira passada, enquanto andava de bicicleta com os amigos em Exeter, Inglaterra.

O ataque violento deixou a criança fisicamente e psicologicamente traumatizada, tendo vindo a desenvolver uma fobia a pelos faciais. O pai do menino teve inclusive de rapar a barba como resultado do trauma.

A criança ficou com ferimentos no olho esquerdo e vários hematomas no corpo.

Lianne Ferris, mãe da criança, recebeu uma chamada da polícia nessa tarde de que o filho teria sido atacado na rua.

A mãe do menino disse ao jornal The Mirror que as autoridades lhe comunicaram que o filho estaria com o grupo de amigos a andar de bicicleta num caminho estreito quando um grupo de ciclistas se aproximou dele. "Ele ficou preso e desceu da bicicleta para deixá-los passar", contou. Depois disso, um homem aproximou-se dele e acusou-o de tentar roubar a bicicleta.

"Mas antes que o meu filho tivesse oportunidade de explicar o que aconteceu, esse homem começou a bater nele, a chutá-lo e a dar-lhe socos no rosto, nas costas e no pescoço", acrescentou a mulher.

"Além disso, pegou nele e atirou-o ao rio para se afogar", disse ainda ao jornal.

A polícia de Devon e Cornwall confirmou que estão a investigar o incidente e apelaram por testemunhas.

Exeter Inglaterra crime lei e justiça criança fobia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)