Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

CRIANÇA SOBREVIVE A QUEDA DE AVIÃO NO SUDÃO

Um Boeing 737 das Linhas Aéreas do Sudão despenhou-se esta terça-feira próximo do aeroporto a capital sudanesa, Cartum, provocando a morte a todos os 105 passageiros e 11 tripulantes, com excepção de uma criança de dois anos de idade, hospitalizada sem ferimentos graves.
8 de Julho de 2003 às 13:13
CRIANÇA SOBREVIVE A QUEDA DE AVIÃO NO SUDÃO
CRIANÇA SOBREVIVE A QUEDA DE AVIÃO NO SUDÃO FOTO: d.r.
O avião caiu num terreno baldio a cinco quilómetros do Aeroporto Porto Sudão, aeroporto internacional que serve a capital do Sudão. De acordo com um porta-voz governamental sudanês, citado pela Agência Associated Press, o piloto do Voo SD 39 comunicou com a torre de controlo do aeroporto de Cartum dez minutos depois de o avião ter descolado desse mesmo aeroporto, informando que o aparelho tinha problemas técnicos e que ia voltar ao aeroporto da capital sudanesa. Esse regresso não foi consumado. O avião caiu a cinco quilómetros do aeroporto, matando todos os seus ocupantes, com excepção da criança de dois anos de idade, sem provocar vítimas no solo.
Segundo a Sudan Airways morreram no acidente 55 homens sudaneses, 27 mulheres, 16 crianças e 7 estrangeiros, incluindo malaios e franceses.
Acidentes com aviões sudaneses de passageiros têm sido raros. No ano passado, um avião de carga da Sudan Airways despenhou-se sobre uma zona residencial de Bangui, capital da República Centro Africana, provocando 23 mortos. Em 1986, 60 pessoas morreram quando um avião de passageiros da Sudan Airways foi atingido por um míssil SAM-7, disparado por guerrilheiros pouco depois de o aparelho ter descolado de Malakal, no Sul do Sudão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)