Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre

Pais negligentes foram detidos em julho deste ano no Reino Unido.
25 de Novembro de 2017 às 19:17
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Crianças viviam em casa com cheiro a fezes e comida podre
Um pai e uma mãe viviam com os filhos numa casa em Newcastle, no Reino Unido, coberta de fezes, urina e comida podre. O cheiro era tão forte que as autoridades que foram à habitação, após um alerta dos serviços sociais, "começaram a chorar".

Os pais foram condenados a uma pena de prisão de dois anos e a mãe chegou a tentar, sem sucesso, que a sua pena fosse reduzida devido a uma depressão. Enquanto o pai assumiu que a família vivia naquelas condições há cerca de seis meses, a progenitora tentou disfarçar a situação, dizendo às autoridades que tinha estado a limpar a casa "naquela manhã".

Em tribunal, o advogado Daniel Penman contou a experiência de um dos polícias no local: "Ele falou num cheiro horrível a urina e comida podre que vinha da cozinha. O tapete tinha tanto pelo de cão que não se percebia qual a sua cor original. [...] A casa de banho tinha manchas de fezes e algumas estavam perto da sanita", contou, citado pelo jornal Newcastle Chronicle.

Além destas questões, os meninos estariam ainda cobertos de piolhos devido à falta de higiene.
Newcastle Reino Unido Daniel Penman comida cheiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)