Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Dança do varão para Berlusconi

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, revelou de novo a sua faceta de bon vivant. Em visita oficial ao Brasil, a agenda apertada não o impediu de arranjar tempo para uma festa privada. Na suite do hotel, seis mulheres animaram os convivas fazendo a famosa dança do varão. O gabinete de Berlusconi assegurou que ele assistiu apenas a "folclore típico" do Brasil.
3 de Julho de 2010 às 00:30
Lula ofereceu a Berlusconi uma camisola do Brasil e um empresário ofereceu-lhe “folclore típico”
Lula ofereceu a Berlusconi uma camisola do Brasil e um empresário ofereceu-lhe “folclore típico” FOTO: Ho/Reuters

Berlusconi chegou segunda-feira a São Paulo para dois dias de uma visita preenchida. Reuniu-se com empresários italianos e participou num fórum com o presidente Lula da Silva. Mas, fiel aos velhos hábitos, teve tempo para uma orgia.

O caso foi denunciado pelo Estadão.com.br e ontem a notícia corria mundo. Em Itália, a imprensa falou da "noite de Berlusconi" numa "festa com seis bailarinas".

Uma delas, Alexandra Valença, de 28 anos, diz ter sido contactada por um homem que, em bom português, se apresentou como Valter, "empresário italiano".

As convidadas nada sabiam de Berlusconi. "Só sabia que tinha sido contratada para uma apresentação de dança na segunda-feira", contou Alexandra. Antes da exibição, por volta das 22h00, beberam champanhe e comeram queijo e acepipes.

Enquanto os convidados bebiam, Alexandra dançou no varão ao som de Caetano Veloso durante 12 minutos. Depois, começou o jantar. Alexandra recebeu 900 euros e diz ter gostado de Berlusconi: "É uma simpatia fora do comum."

O governo italiano tem outra versão: "Berlusconi participou nu-ma recepção a convite de um empresário durante a qual foi organizado um espectáculo de folclore típico com participação de artistas brasileiros."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)