Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Dedo de Valério no caso Arruda

O esquema de corrupção no governo estadual de Brasília, capital do Brasil, pode ter sido criado pelo publicitário Marcos Valério, acusado de ter estado por detrás do caso ‘Mensalão’, que em 2005 abalou o governo de Lula.
16 de Março de 2010 às 00:30
Marcos Valério, o publicitário que esteve por detrás do escândalo do ‘Mensalão’, terá criado um esquema fraudulento semelhante para beneficiar José Arruda
Marcos Valério, o publicitário que esteve por detrás do escândalo do ‘Mensalão’, terá criado um esquema fraudulento semelhante para beneficiar José Arruda FOTO: Fernando Bizerra/EPA

O Ministério Público encontrou irregularidades nos contratos da empresa de Valério, a SMP&B, com a Assembleia Legislativa de Brasília, através dos quais os promotores suspeitam de que foi financiada a eleição, em 2006, do governador da cidade, José Arruda, preso desde 11 de Fevereiro por suspeita de corrupção. De acordo com os promotores, há indícios veementes de que a licitação para esses contratos foi ‘arranjada’ para permitir a vitória da SMP&B e a criação do esquema de desvio de verbas.

O esquema descoberto em Brasília em Dezembro era muito semelhante ao do ‘Mensalão’, no qual, através de contratos sobrevalorizados, a SMP&B desviava avultadas quantias de empresas estatais.

O dinheiro era depois usado nas campanhas dos políticos ligados ao esquema.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)