Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Deficientes obrigados a lutar entre si

Jovens deficientes profundos de uma instituição estatal no Texas, EUA, foram obrigados a bater-se entre si pelo pessoal do estabelecimento, especializada no seu tratamento, segundo fonte da polícia local.
11 de Março de 2009 às 11:09

Os combates terão sido organizados durante pelo menos dois anos e foram descobertos pela polícia, que examinou vídeos contidos num telemóvel encontrado na rua.

 

Nas gravações, os empregados da escola Corpus Christi provocam os jovens para que estes se tornem violentos e depois empurram-nos uns contra os outros até que eles lutem entre si e um deles seja declarado ‘vencedor’, de braço levantado.

 

“É um dos piores casos de maus-tratos de crianças que eu já vi em trinta anos”, afirmou um responsável da polícia de Corpus Christi, Tim Wilson.

 

Os jovens sofreram ferimentos ligeiros e 11 funcionários da instituição foram identificados nos vídeos descobertos pela polícia a semana passada.

 

O caso surge quando as autoridades do Texas debatem uma reforma das instituições estatais para deficientes, na sequência das críticas do Ministério da Justiça norte-americana sobre violência e violação dos direitos humanos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)