Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Dengue alastra ao nordeste do Brasil

Não é só no Rio de Janeiro, onde a situação é mais calamitosa devido ao elevado número de pessoas contaminadas e de mortes, que a dengue está a causar pânico e vítimas. Na maior parte dos estados do nordeste do Brasil, importante destino turístico, a dengue está a assumir proporções alarmantes este ano e já matou, pelo menos, 23 pessoas, estando outras 53 mortes a ser analisadas por suspeita de terem sido provocadas pela doença.
21 de Abril de 2008 às 00:30
Dengue ameaça zonas turísticas do nordeste brasileiro
Dengue ameaça zonas turísticas do nordeste brasileiro FOTO: Bruno Domingos / Reuters

 

O pequeno estado de Sergipe é a região mais afectada. De Janeiro até hoje, o estado registou um brutal aumento de 1226% no número de casos de dengue oficialmente notificados em relação ao mesmo período do ano passado, e já houve sete mortes confirmadas, quatro das quais de crianças, estando outras oito mortes a ser investigadas.

No estado do Rio Grande do Norte, a dengue hemorrágica, a forma mais grave da doença, que faz o paciente sangrar até à morte se não for rapidamente atendido, cresceu dez vezes em relação ao ano passado. Em 2007 ocorreram no estado 59 casos de dengue hemorrágica, mas em apenas três meses e meio deste ano esse número já é de 577. Na Bahia, outro estado afectado, o aumento do número de casos de dengue já supera os 160% em relação ao ano passado, e em Alagoas o crescimento da doença este ano já é de 136%. Ceará, Pernanbuco e Paraíba também foram afectados.

Recorde-sedequearegião donordestebrasileiroéum dos principais destinos dos turistas portugueses.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)