Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Deputada inglesa diz que primeiro-ministro é "mentiroso" e acaba expulsa do parlamento

Dawn Butler foi ordenada a abandonar a Câmara dos Comuns após dizer que Boris Johnson mentiu sobre a pandemia.
Correio da Manhã 22 de Julho de 2021 às 21:51
Dawn Butler foi obrigada a sair
Dawn Butler foi obrigada a sair FOTO: Direitos Reservados
O debate no Parlamento britânico aqueceu durante a tarde desta quinta-feira. A deputada trabalhista Dawn Butler foi ordenada a abandonar a Câmara dos Comuns do parlamento após chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro Boris Johnson.

Após recusar retrair-se nas palavras, foi-lhe pedido que saísse, uma vez que chamar mentiroso a outro deputado ou membro do governo é uma quebra das regras de etiqueta do parlamento inglês.

"É perigoso mentir na pandemia. E estou desapontada que o primeiro-ministro ainda não veio a esta câmara corrigir os registos e corrigir o facto de ter mentido a esta câmara e ao país, uma e outra vez", afirmou.

Após ser alertada, a jovem deputada continuou: "É engraçado que fiquemos nós com problemas por denunciar um mentiroso ao invés da pessoa que está a mentir", disse antes de abandonar a sala.

Veja o momento

Parlamento Dawn Butler Boris Johnson House Câmara dos Comuns política
Ver comentários