Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Revista Der Spiegel vence ação em tribunal e pode publicar artigos sobre delitos fiscais no futebol

Tribunal de instância superior deu razão à revista que estava obrigada a pagar uma multa de 250 mil euros se não cumprisse a decisão.
4 de Abril de 2019 às 11:44
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
José Mourinho
Mourinho
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
José Mourinho
Mourinho
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
José Mourinho
Mourinho
A revista alemã Der Spiegel anunciou esta quinta-feira em comunicado que poderá continuar a publicar informações sobre delitos fiscais de figuras do futebol, entre as quais Cristiano Ronaldo e José Mourinho, depois de lhe ter sido dada razão em tribunal.

No comunicado, a Der Spiegel relembra todo o caso que começou com uma série de artigos publicados em 2016 depois de uma investigação de 60 jornalistas de uma rede europeia a partir de informações da plataforma Football Leaks.

A queixa contra a divulgação de informações, que além de Cristiano Ronaldo envolvem o técnico português José Mourinho e o futebolista alemão Mesut Özil, foi apresentada por um grupo de advogados.

No processo contra a revista, os advogados não questionam a veracidade dos documentos, mas acusam a Der Spiegel de os ter obtido de forma indevida.

Em fevereiro de 2017, um tribunal de Hamburgo proibiu a revista de divulgar artigos sobre o caso e exigiu que os já difundidos fossem apagados dos arquivos digitais do periódico.

A revista, que estava obrigada a pagar uma multa de 250.000 caso não cumprisse a decisão, recorreu para um tribunal de instância superior que hoje lhe deu razão.

Durante mais de um ano, período no qual foram anunciadas sentenças judiciais contra Özil e Cristiano Ronaldo, a revista esteve proibida de publicar artigos sobre o assunto.
José Mourinho Der Spiegel Mesut Özil Cristiano Ronaldo Hamburgo Football Leaks desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)