Descobre traição do marido no Instagram da amante

Mulher viu foto da vista do seu quarto na rede social da rival.
29.11.17

Uma mulher russa acabou com o marido depois de encontrar fotografias dele e da casa onde viviam os dois, no Instagram de outra mulher.

Yulia Agranovych estava a pesquisar fotografias no Instagram quando viu uma imagem que parecia ser a vista do seu quarto sob a cidade de São Petersburgo, na Rússia. Naturalmente, o interesse naquela conta de Instagram começou a crescer, e a jovem começou a investigar todas as fotos de Vlada Abramovich, descobrindo fotos do seu marido, Nazar Grynko.

"Eu não estava à procura de nada, era uma manhã normal como as outras todas. Como qualquer outra pessoa do século XXI, comecei o dia a pesquisar na linha do tempo do meu Instagram, e de repente, vi esta fotografia", contou a mulher de Nazar.

Vlada escreveu na legenda da fotografia: "linda vista do quarto do meu marido", o que deixou Yulia com todas as certezas de que aquela mulher e o marido tinham um caso. Posto isto, decidiu confrontar Nazar, que negou o adultério, dizendo que convidou uns amigos para irem beber um copo lá a casa, antes de irem ao cinema, enquanto a mulher estava fora da cidade. O homem ainda acrescentou que Vlada era a namorada de um amigo.

"Quando os convidados vieram cá a casa, deviam de ter ido para a cozinha beber chá, não para o quarto", confrontou a mulher.

Segundo a imprensa local, Vlada bloqueou a conta de Instagram depois de Yulia tê-la confrontado. No entanto, admitiu noutra rede social que tinha dormido com Nazar, e quando foi confrontada sobre se tinha remorsos de ter dormido com o marido de outra mulher, Vlada respondeu: "Ela é mulher dele, não minha, qual é o problema? Ele é algum vegetal sem vontade própria? Não me façam rir."

Mais tarde, Nazar admitiu ter estado com várias mulheres enquanto Yulia estava fora da cidade, mas afirmou que "nunca foi mentalmente infiel" à companheira. O homem ainda acrescentou que" disse a todas as mulheres que era casado."

Yulia decidiu pesquisar pelas outras mulheres com quem Nazar tinha estado, e descobriu que muitas delas não faziam ideia que ele era casado. "As outras raparigas eram muito mais agradáveis, choravam ao telemóvel e diziam que não faziam ideia que ele tinha mulher", contou a jovem.

A história de Yulia inspirou outras mulheres que sofreram de adultério a deixarem os maridos e a refazerem as suas vidas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 29.11.17
    Resumindo e concluindo, nunca trair na própria casa
2 Comentários
  • De Miguel Angelo30.11.17
    Refazer a vida para quê?....Poligamia já era comum no tempo dos Bárbaros e Mongóis, e ai normalmente uma mulher servia toda a tribo... qual é o problema do rapaz ter-se aliviado com outras enquanto ela estava a viajar e sabe-se lá a satisfazer-se com quem?....mania da sociedade de querer mandar
    Responder
     
     0
    !
  • De  Anónimo 29.11.17
    Resumindo e concluindo, nunca trair na própria casa
    Responder
     
     0
    !