Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Deslizamento de terras deixa mais de 20 carros e camiões subterrados no Brasil

Bombeiros tentam resgatar vítimas.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 29 de Novembro de 2022 às 19:08
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Deslizamento Guaratuba
Uma força conjunta dos Bombeiros e da Proteção Civil do estado brasileiro do Paraná esteva no final da tarde desta terça-feira a procurar sobreviventes subterrados por toneladas de terra, lama, árvores e rochas que caíram de uma encosta na estrada BR 376, no município de Guaratuba, no Brasil. 

As chuvas torrenciais que continuam a cair na região dificultam muito o trabalho das equipas de resgate, que não podiam utilizar máquinas pesadas e corriam a todo o momento o risco de também serem soterradas por novos deslizamentos de terra.

O comandante da Proteção Civil, coronel Fernando, avançou que ninguém sabia ao certo quantos veículos tinham sido soterrados pelo desabamento, que ocorreu no final da noite de segunda-feira, nem quantas pessoas estavam em cada veículo. Informações passadas por motoristas que escaparam por um triz de serem atingidos dão conta de que aproximadamente 15 automóveis e seis camiões foram totalmente subterrados pelas toneladas de terra que caíram da montanha, mas ninguém sabe o número exacto.

As buscas tiveram de ser interrompidas durante a madrugada devido ao mau tempo e foram retomadas esta terça-feira, mas até ao final da tarde desta terça-feira nenhuma pessoa subterrada tinha sido resgatada tal a quantidade de terra que subterrou a estrada e tudo e todos que estavam sobre ela naquele ponto.

O Paraná, um dos três estados do sul do Brasil, está a ser atingido há vários dias por chuvas torrenciais, que já se espalharam por outros estados, mas até agora sem causar uma tragédia como a de Guaratuba.
Ver comentários
C-Studio