Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Deslizamento de uma encosta causa mortos no México

Pelo menos 15 mortos confirmados e cerca de 60 desaparecidos 
19 de Setembro de 2013 às 15:09
Desde o passado sábado, praticamente todo o México está a ser assolado por chuvas torrenciais
Desde o passado sábado, praticamente todo o México está a ser assolado por chuvas torrenciais FOTO: Reuters

O deslizamento de uma encosta soterrou parte da pequena localidade de La Pintada, numa zona rural montanhosa da cidade de Atoyac de Álvarez, no sul do México, e causou pelo menos 15 mortos. Há ainda 58 pessoas dadas como desaparecidas. As informações foram dadas à imprensa pelo presidente mexicano, Enrique Peña Nieto.

Ediberto Tabàrez, presidente da câmara de Atoyac, também confirmou nesta quinta-feira que 15 corpos já foram retirados da montanha de lama, pedras e árvores que caiu da encosta e soterrou algumas dezenas de habitações, todas muito simples. Das cerca de 400 pessoas que vivem em La Pintada, 287 foram retiradas da comunidade pelas equipas de socorro e levadas para locais mais seguros, e as forças federais, as primeiras a chegarem à localidade, por via aérea, levaram ao menos 14 feridos para hospitais da região, quatro deles em estado grave.

Segundo o presidente Peña Nieto, ainda não se pode dizer que os 58 desaparecidos estejam mortos, mas como não há qualquer informação sobre o seu paradeiro presume-se que tenham ficado sob a enorme quantidade de lama que desceu da encosta sobre as residências. Equipas de resgate continuam a lutar contra o relógio para tentarem encontrar sobreviventes.

Desde o passado sábado, praticamente todo o México está a ser assolado por chuvas torrenciais, que provocaram até agora pelo menos 80 mortes. Esses óbitos ocorreram em 12 dos 32 estados mexicanos, o que dá uma noção da dimensão da área atingida pela intempérie e a violência dos temporais.

Deslizamento México mortos desaparecidos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)