Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Despejo violento em favela no Rio de Janeiro

Batalha campal durou várias horas e terá feito 16 feridos. Edifícios e viaturas incendiados.
13 de Abril de 2014 às 15:59
Mais de 5 mil pessoas foram despejadas de complexo ocupado
Mais de 5 mil pessoas foram despejadas de complexo ocupado FOTO: Ana Carolina/Reuters

O despejo de cerca de 5 mil pessoas que tinham invadido há algumas semanas um complexo de escritórios abandonado nos arredores do Rio de Janeiro terminou sexta feira com uma violenta batalha entre polícias e moradores. Dezenas de pessoas ficaram feridas.

Confrontos muito violentos espalharam-se por várias ruas, com grupos de populares enfrentando o poderoso contingente policial usando pedras, ferros e pedaços de madeira. A polícia, acusada de ter usado força excessiva e de ter usado gás e balas de borracha até contra crianças, enviou inicialmente para o local 1650 homens, reforçados ao longo do dia por dezenas de efetivos de batalhões de intervenção.

Pelo menos 16 pessoas ficaram feridas, incluindo nove polícias, e mais de duas dezenas de outras foram detidas. Moradores denunciaram à imprensa que três crianças tinham sido mortas pela polícia, mas a corporação negou veementemente essa informação.

O edifício principal do complexo foi incendiado pelos populares, bem como vários automóveis e pelo menos três carros de exteriores das televisões Globo, SBT e Record. Vários repórteres foram impedidos pela polícia de gravar imagens.

O enorme terreno onde fica o complexo pertence à empresa telefónica brasileira Oi, que recentemente se fundiu com a portuguesa Portugal Telecom. No final de março, aproximadamente 5 mil pessoas sem casa invadiram os edifícios e começaram a demarcar e lotear os espaços, dividindo-os com pedaços de madeira. Segundo o governo municipal carioca e a polícia, a invasão foi orquestrada por profissionais e grupos que estavam a ganhar dinheiro vendendo espaços a famílias carenciadas.

despejo Brasil favela polícias violência batalha Rio de Janeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)