Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Destituição mal recebida

A destituição (ou ‘impeachment’) do presidente do Paraguai e ex-bispo católico Fernando Lugo e a sua substituição pelo vice Federico Franco estão a levantar uma onda de críticas por parte de líderes políticos da América Latina.
24 de Junho de 2012 às 01:00
Lugo foi acusado de “insolvência moral, inépcia e falta de decoro”
Lugo foi acusado de “insolvência moral, inépcia e falta de decoro” FOTO: Jorge Adorno/Reuters

Os governos da Argentina, Equador, Bolívia, República Dominicana e Venezuela qualificaram como um "golpe de Estado" a destituição, por ampla maioria no Senado, de Lugo, e sublinharam que não reconhecerão o novo presidente. "Eu, em nome do povo venezuelano, e como chefe de Estado, afirmo: não reconhecemos esse governo ilegal e ilegítimo que se instalou em Assunção", declarou Chávez. Já a Costa Rica ofereceu asilo ao presidente destituído. Antes da destituição, os senadores expuseram os seus pontos de vista: "Insolvência moral, inépcia e falta de decoro são as causas do mau desempenho."

FERNANDO LUGO PRESIDENTE PARAGUAI DESTITUIÇÃO AMÉRICA LATINA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)