Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

DESTITUÍDO PRIMEIRO-MINISTRO BIRMANÊS

O primeiro-ministro birmanês, general Khin Nyunt, foi destituído das suas funções esta terça-feira e colocado sob prisão domiciliária em Rangum, por suspeitas de corrupção, anunciou o porta-voz do governo tailandês, Jakrapob Penkhair.
19 de Outubro de 2004 às 09:52
O general Khin Nyunt
O general Khin Nyunt FOTO: d.r.
Khin Nyunt, que é também chefe dos serviços de inteligência militar e o “número três” do regime militar birmanês, era considerado o alto dirigente mais favorável ao diálogo com vista a uma democratização do país com a opositora da junta militar que governa a Birmânia e Prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, colocada em regime de prisão domiciliária há mais de um ano.
De acordo com fontes em Rangum, as relações entre os serviços secretos militares e o “número um” do regime, o general Than Shwe, haviam-se deteriorado nos últimos meses. Para já, a destituição de Khin Nyunt ainda não foi confirmada oficialmente pelas autoridades birmanesas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)