Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Detidos dois empresários que ajudaram advogado de Trump a investigar Joe Biden

Cúmplices estão a ser acusados de violarem as regras de financiamento da campanha eleitoral.
Correio da Manhã 10 de Outubro de 2019 às 17:54
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Donald Trump
Dois empresários da Florida que ajudaram o advogado pessoal do presidente norte-americano Donald Trump a investigar o rival político Joe Biden foram presos esta quinta-feira. 

Os dois cúmplices estão a ser acusados de violarem as regras de financiamento da campanha eleitoral a favor de Trump. Lev Parnas e Igor Fruman terão alegadamente ajudado Rudy Giuliani a pressionar a Ucrânia para investigar o ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden, de acordo com a CNN.

Biden é rival de Donald Trump e é considerado o favorito à nomeação democrata para as eleições presidenciais de 2020 que poderão pôr fim à presidência de Trump.

A acusação contra os dois empresários sugere que estes tenham recorrido a fundos estrangeiros para influenciar a política norte-americana. Tudo isto com o aval do atual presidente norte-americano.
Donald Trump Joe Biden Florida crime lei e justiça política eleições eleições presidenciais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)