Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

DETIDOS RESPONSÁVEIS MÁXIMOS DA ETA

A Polícia francesa deteve ontem numa localidade próxima da cidade de Bordéus, no sudoeste da França, dois responsáveis máximos da organização separatista basca ETA.
17 de Setembro de 2002 às 09:35
Olarra Guridi foi detido perto de Bordéus
Olarra Guridi foi detido perto de Bordéus
Juan Antonio Olarra Guridi, chefe militar do grupo armado, e a sua companheira Ainhoa Múgica Goñi, “número dois” da organização, foram detidos no âmbito de uma vasta operação policial.

Juntamente com os dois responsáveis máximos da ETA, foi ainda detida Saroia Gallaraga, uma basca francesa natural de Baiona, que colaborava com o grupo.

De acordo com fontes ligadas à operação, iniciada há três meses, os três detidos estão a ser interrogados na sede da Polícia Judicial francesa de Bordéus.

Olarra Guridi, nascido em 1967, tornou-se líder do grupo após a detenção de Francisco Javier García Gaztelu, em França, em Fevereiro de 2001.

Na altura da sua detenção, no parque de estacionamento de um supermercado, Guridi e a companheira estavam armados, tendo sido encontradas mais armas na bagageira do seu automóvel.

Em Espanha, o grupo parlamentar do Batasuna, o braço político da ETA, deixou de estar representado na Câmara de Navarra, após uma resolução aprovada ontem.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)