Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

DETIDOS SETE ALEGADOS TERRORISTAS EM ESPANHA

A Polícia espanhola deteve, esta última noite, sete alegados activistas islâmicos radicais (cinco argelinos e dois marroquinos) que estariam a preparar um atentado terrorista em grande escala em Madrid, contra a sede da Audiência Nacional, a mais alta instância judiciária espanhola.
19 de Outubro de 2004 às 08:44
A operação foi coordenada pelo juiz Baltasar Garzón
A operação foi coordenada pelo juiz Baltasar Garzón FOTO: d.r.
Segundo o Ministério do Interior espanhol, as detenções foram efectuadas durante uma operação coordenada pelo juiz da Audiência Nacional, Baltasar Garzón, desencadeada em Almeria, Valência e Málaga, no sul de Espanha, e em Madrid.
De acordo com as autoridades, os indivíduos agora detidos, todos com cadastro criminal, não tiveram contactos com os autores dos atentados de 11 de Março, em Madrid, não estando também confirmado se têm qualquer ligação à rede terrorista Al-Qaeda.
As investigações já realizadas permitiram apurar que os sete detidos pretendiam fazer explodir um camião carregado de explosivos junto à sede da Audiência Nacional. Apesar de ainda não terem os explosivos em seu poder, o grupo tinha já estabelecido contactos para os adquirir.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)