Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Dezenas de corpos em vala comum na Bósnia

Foi descoberta uma das maiores valas comuns na região de Prijedor.
6 de Setembro de 2013 às 17:41
corpos, muçulmanos, bósnios, morte, Prijedor, valas
corpos, muçulmanos, bósnios, morte, Prijedor, valas FOTO: REUTERS/Ranko Cukovic (imagem de arquivo)

Uma vala comum com dezenas de restos de croatas e muçulmanos bósnios mortos no início da guerra civil na Bósnia (1992-1995) foi descoberta na região de Prijedor (noroeste), indicou esta sexta-feira fonte judicial.

"De acordo com as primeiras estimativas, encontram-se no local dezenas de vítimas, mas o número exato será estabelecido quando forem concluídas as exumações", precisou em comunicado o procurador da Bósnia-Herzegovina.

De acordo com a mesma fonte, citada pela agência noticiosa AFP, trata-se uma das maiores valas comuns descobertas nesta região nos últimos dez anos.

Após o controlo desta região pelas forças sérvias bósnias, em abril de 1992, os membros das comunidades não-sérvias foram expulsos, mortos em combates ou operações de limpeza étnica, ou enviados para campos de detenção.

Mais de 3000 pessoas permanecem desaparecidas na região de Prijedor. Até ao momento, mais de 2000 foram descobertas e identificadas após análises de ADN.

O conflito na Bósnia-Herzegovina provocou cerca de 100 mil mortos, em particular entre as três principais comunidades de muçulmanos, sérvios e croatas.

corpos muçulmanos bósnios morte Prijedor valas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)