Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Dezenas de migrantes morrem em naufrágio no Canal da Mancha

Pelo menos 31 pessoas morreram afogados a tentar chegar ao Reino Unido.
Ricardo Ramos 25 de Novembro de 2021 às 08:27
A carregar o vídeo ...
Dezenas de migrantes morrem em naufrágio no Canal da Mancha
Pelo menos 31 pessoas morreram esta quarta-feira afogadas no naufrágio de um bote de borracha no Canal da Mancha, na pior tragédia envolvendo migrantes que tentam chegar ao Reino Unido.

O alerta foi dado por pescadores franceses, que avistaram uma embarcação vazia com vários corpos imóveis na água em redor. O mar estava calmo, mas as autoridades admitem que o barco se terá virado, provavelmente por ir demasiado cheio. Os migrantes terão morrido afogados ou de hipotermia, dada a temperatura gelada da água. Entre as vítimas estão várias mulheres e crianças.

“Emocionado perante esta tragédia com múltiplas mortes na sequência do naufrágio de um navio com migrantes no Canal da Mancha”, escreveu no Twitter o ministro francês do Interior, Gerald Darmanin, que esta quarta-feira à noite visitou o local.

Embora estes naufrágios sejam tragicamente comuns no Mediterrâneo, este foi o mais grave incidente do género envolvendo migrantes no Canal da Mancha. Horas antes do naufrágio, jornalistas testemunharam na região de Calais, Norte de França, o embarque de dezenas de migrantes em várias embarcações rumo ao Reino Unido, perante o olhar indiferente da polícia francesa. O PM britânico Boris Johnson, que tem pressionado a França a fazer mais para combater a imigração ilegal, reuniu de emergência, esta quarta-feira à noite, o gabinete de crise do governo.
Ver comentários