Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Dilma e Obama discutem crise, cachaça e Irão

A presidente brasileira, Dilma Rousseff, e o seu homólogo norte-americano, Barack Obama, encontraram-se esta segunda-feira em Washington para discutirem uma vasta agenda. Entre os temas abordados estão a crise financeira internacional, a escalada atómica iraniana, reformas na ONU e no FMI e a Rio+20, conferência mundial sobre ambiente que se realizará no meio do ano no Rio de Janeiro.

9 de Abril de 2012 às 19:44
Dilma e Obama almoçaram na Casa Branca
Dilma e Obama almoçaram na Casa Branca FOTO: EPA

Na viagem de dois dias, Dilma também vai tentar derrubar as barreiras e as taxas que impedem o acesso de produtos brasileiros aos EUA e assinar acordos nas áreas comercial, de energia, ciência e tecnologia. É esperado que os Estados Unidos reconheçam a famosa cachaça como um producto genuinamente brasileiro, e, mostrando o interesse que os EUA têm no Brasil, pouco antes do encontro foi anunciada a abertura de mais dois consulados norte-americanos no país da América do Sul, nas cidades de Belo Horizonte e de Porto Alegre.

Após o encontro de trabalho, Dilma e Obama almoçaram na Casa Branca com as respectivas comitivas e convidados, e, em seguida, participaram no encerramento do fórum de altos empresários, que reuniu a nata do grande empresariado brasileiro e norte-americano. Terça-feira, antes de regressar ao Brasil, Dilma Rousseff visitará a Universidade de Harvard, uma das mais conceituadas do Mundo.

O estreitamento das relações entre o Brasil e os EUA interessa muito neste momento aos dois gigantes. Os EUA precisam dos reais (a moeda oficial do Brasil), cujo país vive uma importante explosão económica, que aumentaram em 62% os vistos de entrada para brasileiros desde o início deste ano, e prometem facilitar ainda mais. O Brasil, com uma producção gigantesca em quase todas as áreas, da tecnologia à agrícultura, anseia por uma maior facilidade de entrada no imenso mercado norte-americano, para se expandir ainda mais.

Num outro passo do estreitamento de relações entre os dois países, na próxima semana será a vez da secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, visitar o Brasil. Clinton irá visitar Brasília e São Paulo, onde terá encontros com autoridades e grandes empresários brasileiros.

dilma eua brasil obama
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)