Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Dilma Rousseff: "Ataque inaceitável"

Presidente brasileira classifica o ato de "terrorista".
7 de Janeiro de 2015 às 15:57
Dilma Roussef diz que este é "um momento de dor"
Dilma Roussef diz que este é 'um momento de dor' FOTO: Mike Segar/Reuters

A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, afirmou que o atentado perpetrado esta quarta-feira contra a sede do semanário satírico Charlie Hebdo, em Paris, é intolerável e inaceitável. 

"Esse ato de barbárie, além das lastimáveis perdas humanas, é um inaceitável ataque a um valor fundamental das sociedades democráticas - a liberdade de imprensa", disse a Presidente brasileira, numa nota em que considerou o ato como "terrorista".

Rousseff afirmou ainda que o momento é de "dor e sofrimento" e estendeu as suas condolências aos familiares das vítimas. "Quero expressar, igualmente, ao presidente Hollande e ao povo francês a solidariedade de meu governo e da nação brasileira", acrescentou.

Dilma Rousseff Charlie Hebdo Paris
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)