Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Diplomata abandona filha adoptiva

O caso de uma menina coreana adoptada e depois abandonada pelos pais adoptivos, holandeses, veio reavivar a delicada questão das adopções.
15 de Dezembro de 2007 às 00:00
A contas com crescentes críticas na Holanda e Hong Kong – onde Jade, de oito anos, foi abandonada e se encontra agora aos cuidados de uma família de acolhimento –, o pai da criança escreveu a um diário holandês referindo a existência de “graves problemas de relacionamento”. Ray-mond Poeteray, diplomata, e a mulher referem que a menina não se adaptou, mas não avançam pormenores. A terapeuta familiar Susan Ho, da Sociedade para a Protecção de Crianças de Hong Kong, mostra-se surpreendida, já que Jade foi adoptada com apenas 4 meses.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)