Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Discovery regressa à Terra

A tripulação do vaivém 'Discovery' acordou esta manhã, por volta das 06h08 (hora de Lisboa), para da início aos preparativos finais para aterrar esta tarde, por volta das 14h00 no Centro Espacial Kennedy, perto do Cabo Canaveral, na Flórida. A NASA pretende com o fim desta missão provar que pode retomar os voos regulares dos vaivéns espaciais com segurança.
17 de Julho de 2006 às 14:51
Depois do tradicional acordar com música dos astronautas o centro de controlo espacial de Houston, Texas, deu início às comunicações, transmitidas em directo pela televisão da NASA, onde se pode ouvir o comandante de bordo, Steven Lindsey, dizer que “vamos preparar um bom dia e esperamos, com condições de tempo favoráveis estar em Terra dentro de 8 a 10 horas”. Tendo o director de voo, Steve Frick, confirmado também ter essa “esperança”.
A tripulação, que rumou à Estação Espacial Internacional (EEI), iniciou os procedimentos para sair de órbita a 350 quilómetros de altitude às 9h13, tendo fechado as portas da nave pouco mais de uma hora depois. Houston dará a ordem de saída de órbita por volta do 12h45, manobra que deve ocorrer por volta das 13h10 e levará a nave a aterrar no Centro Espacial por volta das 14h14.
Se a nave não conseguir aterrar na hora prevista terá uma segunda oportunidade cerca de uma hora depois. Caso também não tenha êxito, a NASA terá de esperar até a próxima terça-feira e possivelmente desviar rota do 'Discovery' para a Base da Força Aérea Edwards, no deserto da Califórnia. As reservas de oxigénio da nave para permanecer no espaço acabam quarta-feira.
A NASA gastou cerca 1.3 biliões de dólares em medidas de segurança desde o desastre do Columbia e espera com esta viagem marcar uma nova era. Estão para já planeadas 16 missões como objectivo de terminar a EEI patrocinada por 16 nações. O próximo lançamento está marcado para o dia 28 de Agosto.
'Discovery' já aterrou
O vaivém ‘Discovery’ aterrou sem qualquer incidente à hora prevista, 14h14 (hora de Lisboa), no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.
O regresso da nave comandada por Steven Lindsey que esteve 13 dias em órbita foi um sucesso, marcando o regresso da NASA aos voos espaciais regulares depois de um interrupção de três anos, desde o acidente com o ‘Columbia’.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)