Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Diz que segredo da juventude é correr e nadar nua com temperaturas negativas

Mulher de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca.
15 de Março de 2018 às 19:29
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca
Inna, de 32 anos cumpre rotina de exercício à risca

Inna Vladimiskaya leva muito a sério os seus treinos matinais e nunca se queixa quando as temperaturas estão geladas.  A ucraniana, residente em Kiev, acredita que o segredo da sua juventude e excelente forma física é uma sessão de natação num rio gélido, seguida de uma corrida de uma hora na neve. Completamente nua e com temperaturas que chegam aos 9 graus negativos.

Os exercícios de Inna chamam regularmente a atenção dos vizinhos e a mulher tornou-se numa celebridade local devido ao seu segredo de beleza insólito. Inna, de 32 anos, conta que pratica este ritual há nove anos e que por vezes o marido também a acompanha.

"Tenho que fazer isto no mínimo uma vez por semana. Adoro correr livre pela neve e mergulhar na água gelada. A imersão em água fria faz o sangue circular mais nos órgãos internos, os que ajuda a combater a gordura e a tonificar os músculos", explica a ucraniana.

Mas os benefícios, segundo Inna, não ficam por aqui. "É ótimo para combater dores nos músculos e articulações e também rejuvenesce a pele, porque aumenta o fluxo de oxigénio", garante Inna.

A mulher explica que teve a ideia desta rotina ao estudar as morsas. "São animais que, mesmo ao envelhecer, têm sempre o mesmo aspeto, porque passam muito tempo em águas muito frias. Os humanos também podem colher os mesmos benefícios. Eu só tenho cuidado para não passar demasiado tempo na água e, assim que saio, seco-me ou vou para o carro.

Inna Vladimiskaya Kiev questões sociais nua nudez exercício
Ver comentários