Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Dois homens assaltam quartel em Brasília

Numa acção que surpreendeu pela extrema ousadia e durante a qual até um general chegou a ficar refém dos criminosos, dois homens vestindo fatos sob os quais escondiam armas entraram no quartel-general de Brasília e roubaram uma dependência bancária.

10 de Maio de 2009 às 00:30

Os assaltantes entraram sem qualquer problema naquele que deveria ser um dos edifícios mais protegidos do Brasil. Usavam crachás de visitantes e declararam que precisavam de ir ao banco. Não foram revistados, nem tiveram o seu caminho interceptado ou questionado, chegando à agência bancária com a facilidade de quem parecia conhecer o percurso. Ao chegarem ao banco, dominaram o único funcionário e trataram de recolher o dinheiro que estava no cofre. Foi então que entrou na sala um general. Também aqui não houve qualquer hesitação: o militar foi rapidamente dominado, amarrado com fita adesiva e trancado numa sala com o bancário.

Depois de limparem o cofre, os dois assaltantes partiram tranquilamente do local sem que alguma das 32 câmaras de segurança, várias desactivadas por falta de manutenção, tivesse registado as imagens.

Cerca de cinco minutos depois da saída dos ladrões, o funcionário bancário e o general conseguiram soltar-se e dar o alarme, o que deu início a uma verdadeira operação de guerra, tendo o enorme edifício sido trancado e cercado por dezenas de soldados do Exército e polícias.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)