Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

DOIS RELIGIOSOS SUNITAS ASSASSINADOS EM BAGDAD

Dois religiosos iraquianos sunitas, os xeques Hazem Al-Zaidi e Moahammed Jadou, membros do Comité de ulemas muçulmanos, foram assassinados, na cidade de Bagdad, anunciou esta segunda-feira um porta-voz da organização sunita.
20 de Setembro de 2004 às 14:46
"O xeque Zaidi foi raptado domingo à noite, com dois de seus camaradas, em Sadr City. Estes dois foram libertados, mas o corpo do xeque foi encontrado hoje de manhã, em frente da mesquita sunita Al- Sajjad de Sadr City", afirmou o porta-voz do Comité de ulemas, Muthanna Harith Al-dari.
Segundo este responsável, o xeque estava encarregue da coordenação do Comité de ulemas muçulmanos, principal movimento religioso sunita, com outras correntes religiosas no Iraque, e exercia as funções de imã da mesquita Al-sajjad, uma das raras mesquitas sunitas de Sadr City.
Mohammed Jadou foi baleado por desconhecidos quando saia de uma mesquita a oeste de Bagdad.
PRAZO DE REFÉNS OCIDENTAIS TERMINA
Estes dois assassinatos surgem no dia em que termina o prazo dado pelos raptores de dois norte-americanos e britânicos, que ameaçam matá-los se não forem libertadas todas as mulheres detidas na prisão de Abu Grhaib.
O primeiro-ministro iraquiano, Iyad Allawi, já disse que não vai aceitar qualquer tipo de chantagem pois isso seria abrir um precedente.
Ver comentários