Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Donald Trump promete baixar impostos e 'aliviar' a classe média

Presidente norte-americano prometeu um bilião de dólares em investimento público e privado para reconstruir infraestruturas.
1 de Março de 2017 às 07:33
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na terça-feira estar a preparar "uma reforma tributária histórica" que irá baixar os impostos das empresas e proporcionar um "alívio fiscal massivo" à classe média.

"A minha equipa económica está a desenvolver uma reforma fiscal histórica que irá reduzir a taxa de impostos das nossas empresas para que possam competir e prosperar em qualquer lugar e com qualquer pessoa", afirmou Donald Trump, no seu primeiro discurso diante do Congresso dos Estados Unidos.

"Ao mesmo tempo, iremos proporcionar um alívio fiscal massivo para a classe média", assegurou o Presidente norte-americano, renovando uma das suas promessas de campanha.

A seu ver, o país deve "criar condições de concorrência equitativas para as empresas e para os trabalhadores norte-americanos".

"Para conseguir os nossos objetivos no país e no estrangeiro, devemos reiniciar o motor da economia norte-americana, fazer com que seja mais fácil para as empresas fazer negócios nos Estados Unidos e que seja muito mais difícil que se vão embora", apontou, antes de salientar que as empresas norte-americanas pagam das mais altas taxas do mundo.

"Atualmente, quando enviamos produtos para fora dos Estados Unidos, muitos outros países fazem-nos pagar tarifas e impostos muito altos, mas quando as empresas estrangeiras enviam os seus produtos para os Estados Unidos não lhes cobramos quase nada", reiterou, a propósito de tratados de comércio livre.

No domínio da economia, o Presidente norte-americano prometeu um bilião de dólares em investimento público e privado para reconstruir infraestruturas, em linha com uma das suas promessas da campanha, que inclui reconstruir estradas, pontes ou aeroportos.

"Para lançar a nossa reconstrução nacional, vou pedir ao Congresso para aprovar legislação prevendo um bilião de dólares em investimento em infraestruturas nos Estados Unidos - financiado por capitais públicos e privados - criando milhões de novos empregos", afirmou Donald Trump, sem facultar detalhes sobre como ou onde o dinheiro vai ser gasto.

"Temos gastado biliões de dólares no estrangeiro, enquanto as nossas infraestrutursa em casa se têm desmoronado estrepitosamente", criticou, especificando que com os seis biliões de dólares que gastaram no Médio Oriente poderiam ter "reconstruído os Estados Unidos duas vezes" ou "talvez três vezes" se o país tivesse pessoas com habilidade para negociar.
Ver comentários