Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Donos de avião que vitimou equipa da Chapecoense são venezuelanos

Audios provam que Ricardo Alberto Albacete Vidal e Loredana Albacete Di Bartolomé são proprietários da LaMia.
27 de Novembro de 2017 às 20:47
Chapecoense
O piloto Miguel Quiroga
Avião da LaMia despenhou-se na Colômbia
Avião da LaMia
Prepara-se o velório das vítimas
O momento em que as equipas de resgate retiram um dos sobrevivente do local da tragédia
Chapecoense
O piloto Miguel Quiroga
Avião da LaMia despenhou-se na Colômbia
Avião da LaMia
Prepara-se o velório das vítimas
O momento em que as equipas de resgate retiram um dos sobrevivente do local da tragédia
Chapecoense
O piloto Miguel Quiroga
Avião da LaMia despenhou-se na Colômbia
Avião da LaMia
Prepara-se o velório das vítimas
O momento em que as equipas de resgate retiram um dos sobrevivente do local da tragédia

A investigação que está a decorrer na Bolívia sobre o acidente aéreo com a equipa de futebol Chapecoense, no ano passado, encontrou indícios de quem são os responsáveis pela companhia aérea LaMia, que transportava os atletas.

De acordo com o jornal boliviano, El Deber, audios e provas analisadas pelos peritos apontam que os proprietários da empresa serão os venezuelanos Ricardo Alberto Albacete Vidal, ex-senador do país, e a filha, Loredana Albacete Di Bartolomé.

Apesar de ter sido apurado que a queda do avião se deveu à falta de combustível, as autoridades estavam com dificuldades em determinar quem seriam os verdadeiros responsáveis pela LaMia, contratada pela Chapecoense para fazer o transporte da equipa brasileira até Medellín, na Colômbia.

Em novembro do ano passado, logo depois do acidente, o Governo da Bolívia revelou a origem da empresa LaMia. A companhia aérea foi criada em 2010 sob o incentivo do então presidente venezuelano Hugo Chávez.

Cinco anos depois, a LaMia transferiu-se para a Bolívia, onde o piloto Miguel Quiroba, condutor do avião e uma das vítimas do acidente, se tornou sócio da empresa. Ricardo Alberto Albacete Vidal continuou a controlar o negócio, mas a partir de Espanha.

Chapecoense avião mortos LaMia venezuela bolívia brasil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)