Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Duques ganharam 1 milhão num ano

Os duques de Palma declararam rendimentos de mais de um milhão de euros em 2005, ano em que Iñaki Urdangarin assumiu a presidência do Instituto Nóos, ao leme do qual é suspeito de ter desviado milhões de euros.

5 de Janeiro de 2012 às 01:00

Segundo o jornal ‘El País’, a infanta Cristina recebeu nesse ano 120 mil euros, entre o ordenado mensal no banco La Caixa e a verba anual atribuída pela Casa Real. O restante foi arrecadado por Urdangarin através de vários contratos de assessoria celebrados através do Instituto Nóos, cada um dos quais lhe rendia, em média, 200 mil euros por mês. A declaração de rendimentos não sugere qualquer ilegalidade, mas indica, segundo o ‘El País’, que Urdangarin se valeu da sua posição como membro da família real para conseguir valiosos contratos para o Instituto.

Entretanto, o duque de Palma regressou ontem a Espanha pela primeira vez desde o início do escândalo, para visitar o pai, Juan Urdangarin, que se encontra doente, no mesmo dia em que a Audiência Nacional recusou investigar os desvios no Instituto, alegando que os supostos crimes não tiveram âmbito nacional nem colocaram em causa a economia espanhola.

DUQUES ESPANHA LUCROS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)