Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Durão Barroso diz que a Catalunha pode ser independente

O eurodeputado Ramon Tremosa escreveu na sua conta no Twitter que o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, admitiu que a Catalunha pode deixar de fazer parte de Espanha. "Se Eslovénia já é independente, a Catalunha também o poderia ser: tem um produto interno bruto (PIB) mais elevado do que Portugal", ter-lhe-á dito o ex-primeiro-ministro português.
9 de Abril de 2012 às 11:28
Primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy dificilmente sorrirá com as últimas declarações de Durão Barroso
Primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy dificilmente sorrirá com as últimas declarações de Durão Barroso FOTO: François Lenoir/Reuters

A conversa foi revelada por Roman Tremosa, eurodeputado do partido autonomista catalão Convergência e União, depois de a delegada do governo espanhol na Catalunha, Llanos de Luna, ter dito que a independência dessa região de Espanha daria origem ao país mais pobre da União Europeia.

As palavras de Llanos de Luna foram consideradas "uma atitude colonialista e prepotente de quem se julga dona de um povo" pela Esquerda Revolucionária da Catalunha.

Esse partido sublinhou que as estatísticas oficiais colocariam o novo país como o sétimo com o PIB 'per capita' mais elevado da União Europeia, atrás do Luxemburgo, Holanda, Irlanda, Dinamarca, Áustria e Suécia. E à frente da Espanha.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)