Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Egipto: Guarda morre em confrontos

Um guarda egípcio morreu esta quarta-feira na fronteira com a Faixa de Gaza durante os protestos contra a construção de um muro subterrâneo à margem da cidade de Rafah.
6 de Janeiro de 2010 às 16:04

Os tiros disparados pelas forças de segurança egípcia, para dispersar os manifestantes que respondiam com pedras, causaram ainda ferimentos em pelo menos dois palestinianos.

De acordo com a agência oficial do Egipto, o guarda faleceu quando alguns palestinianos abriram fogo contra uma torre de controlo na zona de Salahedín, no lado egípcio de Rafah.

O Egipto, que há anos mantém a fronteira com a Faixa de Gaza encerrada, decidiu manter aberto, pelo quinto dia consecutivo, o posto fronteiriço de Rafah, permitindo aos palestinianos cruzar a fronteira, em especial estudantes, doentes e outros casos de urgência humanitária.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)