Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Egipto: Irmandade Muçulmana venceu com 47,18%

A Irmandade Muçulmana do Egipto elegeu 47,18 por cento dos deputados do Parlamento, anunciou hoje a comissão eleitoral, ao divulgar os resultados finais das eleições legislativas.

O Partido da Liberdade e da Justiça (PLJ), braço político da Irmandade Muçulmana, elegeu 235 deputados para a nova Assembleia do Povo, o que corresponde a 47,18 por cento, anunciou o presidente da Comissão, Abdel Moez Ibrahim.

A Assembleia do Povo, câmara baixa do Parlamento, é composta por 498 deputados eleitos e 10 nomeados pela junta militar no poder desde o fim do regime de Hosni Mubarak, em Fevereiro de 2011.

A primeira sessão parlamentar deverá realizar-se na próxima segunda-feira e a eleição dos senadores começa a 29 de Janeiro.

O futuro Parlamento vai designar uma comissão para redigir uma nova Constituição.

As eleições presidenciais estão previstas antes do final de Junho e a apresentação de candidaturas começa a 15 de Abril.
21 de Janeiro de 2012 às 15:01

O Partido da Liberdade e da Justiça (PLJ), braço político da Irmandade Muçulmana, elegeu 235 deputados para a nova Assembleia do Povo, o que corresponde a 47,18 por cento, anunciou o presidente da Comissão, Abdel Moez Ibrahim. 

A Assembleia do Povo, câmara baixa do Parlamento, é composta por 498 deputados eleitos e 10 nomeados pela junta militar no poder desde o fim do regime de Hosni Mubarak, em Fevereiro de 2011.  

A primeira sessão parlamentar deverá realizar-se na próxima segunda-feira e a eleição dos senadores começa a 29 de Janeiro.   

O futuro Parlamento vai designar uma comissão para redigir uma nova Constituição.  

As eleições presidenciais estão previstas antes do final de Junho e a apresentação de candidaturas começa a 15 de Abril.  

egipto irmandade muçulmana eleições plj
Ver comentários