Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Emirados fecham embaixada no Iémen

Pessoal diplomático foi retirado.
14 de Fevereiro de 2015 às 09:57
Insegurança no país levou a decisão dos Emirados Árabaes Unidos
Insegurança no país levou a decisão dos Emirados Árabaes Unidos FOTO: Mohamed al-Sayaghi/Reuters

Os Emirados Árabes Unidos fecharam a embaixada no Iémen e retiraram o pessoal diplomático devido à deterioração da segurança no país, anunciou o Ministério dos Assuntos Exteriores.

Em comunicado difundido pela agência oficial de notícias WAM, o ministério sublinhou que suspendeu as operações na embaixada devido à "crescente deterioração" da situação política e de segurança no Iémen e pelos trágicos acontecimentos ocorridos depois dos Huties terem "usurpado a autoridade legítima".

Abu Dabi acusou o movimento rebelde dos Huties de ter "minado a transição política baseada na iniciativa do Conselho de Cooperação do Golfo e os resultados do diálogo nacional apoiado pelas Nações Unidas".

O líder dos Huties, Abdelmalek al Huti, anunciou no dia 06 de fevereiro a dissolução do parlamento e a próxima formação de um conselho presidencial transitório para colmatar o vazio deixado pelo presidente do país, Abdo Rabu Mansur Haidi, que renunciou por pressões dos huties.

Emirados Árabes Unidos Iémen Ministério dos Assuntos Exteriores Abu Dabi
Ver comentários