Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas

Esposa do chefe do cartel de drogas mexicano, Joaquin "El Chapo" Guzmán, foi detida na segunda-feira nos EUA. Está acusada de continuar a dirigir a rota de tráfico de drogas.
Correio da Manhã 23 de Fevereiro de 2021 às 09:40
Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas ativo
Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas ativo
Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas ativo
Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas ativo
Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas ativo
Emma Coronel Aispuro, a leal companheira de 'El Chapo' acusada de manter cartel de drogas ativo
Emma Coronel Aispuro tem 31 anos e os últimos 12 foram passados ao lado de Joaquín "El Chapo" Guzmán, o chefe do cartel de drogas mexicano, julgado há dois anos e condenado por tráfico de toneladas de drogas para os Estados Unidos. A leal companheira de "El Chapo" foi detida esta segunda-feira no Aeroporto Internacional Dulles, no norte da Virgínia, nos EUA, acusada de conspirar para distribuir heroína, cocaína, canábis e metanfetaminas nos Estados Unidos. Em cima da mesa está a possibilidade de Emma ter tomado conta do cartel deixado pelo marido.



Uma clara admiradora das 'capacidades' do marido, Emma confessou na altura do julgamento de "El Chapo" que admirava Joaquín e que o conhecia como uma pessoa bem distante da descrita durante o julgamento, há dois anos. "El Chapo" foi acusado por múltiplas amantes de ser responsável por violações, assassinatos e torturas. Aos olhos de Emma, "El Chapo" sempre foi um "excelente pai, amigo, filho e companheiro", disse em declarações ao The New York Times.

Com a prisão de "El Chapo", que deverá ficar atrás das grades até ao fim da vida, numa das prisões de segurança máxima nos EUA, as autoridades decidiram seguir as pisadas de Emma. Apesar de ter nascido na Califórnia, devido a visitas regulares da sua mãe a familiares naquela região norte-americana, Emma cresceu na cidade mexicana de Canelas, no estado de Durango. Emma conheceu Guzmán aos 17 anos, num baile. Pouco tempo depois de ter conhecido o líder máximo do cartel mexicano, Emma ganhou um concurso de beleza. "El Chapo" marcou presença nesse concurso, com centenas de homens armados, e lá anunciou que ela seria a sua noiva. Foi no dia de aniversário de Emma que "El Chapo" se casou com a jovem, então com 18 anos. O terceiro casamento de Joaquín. Apesar de todas as polémicas e muitos relatos de traição, apenas a prisão separou "El Chapo" de Emma. Mas Emma não se terá separado do negócio que fez enriquecer um dos nomes maiores do tráfico de drogas no México.

A mulher, agora com 31 anos, deverá ser presente a tribunal esta terça-feira. Emma Coronel Aispuro subirá ao tribunal federal em Washington nos EUA para se defender da acusação de liderar um cartel de drogas ativo.
Estados Unidos Emma Coronel Aispuro El Chapo EUA Joaquín Guzmán crime lei e justiça crime tráfico de droga
Ver comentários