Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Empresa que desenvolveu as vacinas contra a Covid-19 da Pfizer desenvolve vacina contra a esclerose múltipla

Ensaios clínicos revelaram que a vacina cura a condição e trava a progressão da doença.
13 de Janeiro de 2021 às 12:25
Vacinas
Vacinas FOTO: Reuters

Os cientistas da BioNTech por detrás da vacina contra a Covid-19 da Pfizer conseguiram desenvolver outra vacina, com base na vacina anti-Covid, que deverá ser um caminho na cura da esclerose múltipla. 

Segundo os especialistas, a vacina foi eficaz na cura da doença quando testada em ratos. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, à semelhança da vacina contra a Covid-19, também esta é feita em conjunto com a gigante farmacêutica Pfizer. 

A base desta vacina é inserir uma amostra de material genético conhecido como mRNA no braço de uma pessoa de modo a forçar as células do próprio corpo a produzir uma proteína que confere imunidade.

No caso do coronavírus, a proteína produzida pelo corpo imita a proteína spike do vírus - que permite ao vírus penetrar nas células humanos - e leva o sistema imunitário a desenvolver anticorpos ao vírus. 

Deste modo, se mais tarde a pessoa contrair o vírus, o sistema imunitáario saberá como responder ao mesmo. 

No caso da vacina contra a esclerose múltipla a tecnologia mRNA technology trava a resposta imunitária do corpo de atacar os neurónios no cérebro e na medula espinal. Assim é evitada a eventual perda de funções corporais.

Os testes clínicos em ratos revelaram que a vacina cura a condição e trava a progressão da doença, restabelecendo algumas capacidades motoras que já tinham sido perdidas.

Pfizer Covid-19 da BioNTech saúde ciência e tecnologia tratamentos
Ver comentários