Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Encontrados destroços de avião que se despenhou em 1968 nos Alpes suíços

Alpinista encontrou a aeronave Piper Cherokee no glaciar Aletsch.
Correio da Manhã 5 de Agosto de 2022 às 23:15
Alpes suiços
Alpes suiços FOTO: Getty Images
Os destroços de um avião que se despenhou nos Alpes suíços em 1968 foram descobertos esta quinta-feira num glaciar, onde permaneceram durante mais de 54 anos. O avião surgiu no Glaciar Aletsch, no sudoeste de Wallis, perto dos picos das montanhas de Jungfrau e Monch.

"As investigações determinaram que as peças eram provenientes dos destroços de um Cherokee Piper, registo HB-OYL, que se despenhou neste local a 30 de junho de 1968. Os trabalhos de recuperação serão feitos o mais rapidamente possível", disse a polícia de Wallis, segundo a SwissInfo.ch.

Os corpos foram recuperados na altura, mas os destroços permaneceram desaparecidos. "Na altura do acidente, há mais de 50 anos, os meios técnicos para recuperar os destroços de aviões em terreno difícil eram limitados", disse a polícia.

O Serviço Suíço de Investigação de Segurança (SESE) foi informado da descoberta pela Força Aérea Suíça. Como os acidentes de aviação estão sob jurisdição federal, o Ministério Público Federal (MPC) também foi informado.

Devido ao derretimento dos glaciares, particularmente no Verão, é possível que outros destroços sejam libertados do gelo. Se forem encontrados, as autoridades advertem que estes destroços não devem ser manuseados.
Jungfrau Alpes Monch Glaciar Aletsch Wallis acidentes e desastres
Ver comentários
}