Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Encontrados os corpos de mais duas prostitutas

Os cadáveres despidos de mais duas mulheres foram ontem encontrados nos arredores da cidade britânica de Ipswich, tudo levando a crer que se tratam das duas prostitutas dadas como desaparecidas desde o fim-de--semana. A confirmar-se a identidade das vítimas, sobe para cinco o número de prostitutas mortas pelo assassino em série a aterrorizar a região.
13 de Dezembro de 2006 às 00:00
“Posso confirmar que foram encontrados mais dois corpos. A conclusão natural é que se trata dos corpos das duas mulheres desaparecidas”, afirmou o chefe da Polícia local, superintendente Stewart Gull.
Um dos cadáveres foi descoberto ao princípio da tarde por um transeunte numa área de mato a leste da cidade. Pouco depois, um helicóptero da Polícia, que se deslocava para o local, encontrou outro corpo a escassas centenas de metros do primeiro. Ambos os cadáveres estavam despedidos e tudo indica que se tratam de Paula Clennel e Annette Nicholls, duas prostitutas dadas como desaparecidas desde o fim-de-semana.
Ambos os corpos foram encontrados numa zona rural de Nacton, a leste de Ipswich, onde no domingo tinha já sido encontrado o corpo da terceira vítima, Anneli Alderton, de 24 anos. As outras duas vítimas, Tania Nicoll e Gemma Adams, foram encontradas num riacho a oeste da cidade. A Polícia apenas revelou a causa da morte de Alderton, que foi estrangulada.
O chefe da Polícia já pediu a ajuda das prostitutas e dos seus clientes. “Estou convencido de que as prostitutas de Ipswich podem ter a chave do crime sem o saberem. Precisam de contactar a Polícia e dar conta das suas suspeitas”, apelou o superintendente.
'SERIAL KILLERS' FAMOSOS
CAMIONISTA
O camionista alemão Volcker Eckert confessou no mês passado ter assassinado cinco prostitutas em Espanha e França entre 1999 e 2006. O assassino admitiu ainda ter morto uma amiga adolescente quando tinha 15 anos.
SUTCLIFFE
Peter Sutcliffe, mais conhecido como o ‘Estrangulador de Yorkshire’, foi condenado em 1981 pelo assassinato de 13 mulheres, na sua maioria prostitutas. Os crimes foram cometidos entre 1975 e 1980 em Inglaterra.
ESTRIPADOR
O mais célebre assassino em série britânico foi ‘Jack, o Estripador, que matou, pelo menos, cinco prostitutas em Londres, na segunda metade de 1888. Foram-lhe atribuídos outros 13 crimes, nunca provados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)