Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Enfermeira conforta doentes Covid com luvas cheias de água quente para simular toque humano

'Mão de Deus' viajou além-fronteiras e está a dar que falar em vários países.
Correio da Manhã 8 de Abril de 2021 às 12:37
'Mão de Deus'
'Mão de Deus' FOTO: Direitos Reservados
Duas luvas descartáveis presas à mão e cheias de água quente. Foi a ideia da enfermeira brasileira, Lidiane Melo, para reconfortar doentes de Covid-19 que estejam isolados na enfermaria.

Este gesto, conhecido como 'Mão de Deus', serve para simular o contacto humano, que tem sido impossível devido ao isolamento a que a doença obriga.

Segundo a publicação no Facebook do jornal italiano La Repubblica, a ideia espalhou-se com a proibição de se estar perto de pacientes graves com Covid-19. 

"Fiz esta luva com água quente para melhorar a perfusão dos meus pacientes e ver melhor a saturação: espero que o paciente tenha a sensação de que alguém está a segurar a mão dele", escreveu no Facebook a enfermeira Lidiane Melo.

Lidiane, citada pelo portal G1, conta alguns casos de sucesso com esta técnica, nomeadamente, de quando um paciente deu entrada nas urgências e não estava a conseguir medir-lhe a saturação. "A mão dele estava muito fria. Enrolei em algodão ortopédico, que é uma prática recorrente na enfermagem, mas não funcionou. A circulação não melhorava. Pensei em molhar a mão dele com água morna, mas por causa do risco de contaminação, a ideia não era boa. Pensei mais um pouco e coloquei a água morna dentro das luvas cirúrgicas e envolvi na mão dele", lembra, acrescentando que em três minutos o paciente começou a melhorar.

A técnica aplicada por Lidiane não só melhora a circulação sanguínea nas extremidades do corpo, como também conforta o psicológico e ajuda a acalmar os pacientes, avança o portal G1.

Para além dos elogios prestados à dedicação de Lidiane, a técnica 'Mão de Deus' viajou além-fronteiras e está a dar que falar em vários países, nomeadamente, em Itália, que tem sido destacada pelos meios de comunicação social. 

A ideia já tem cerca de um ano, mas foi só recentemente que a enfermeira decidiu publicar a fotografia, avança o portal G1.



Siga o Correio da Manhã no Instagram:


Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid Lidiane Melo Covid-19 G1 economia negócios e finanças questões sociais saúde
Ver comentários