Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

EQUIPAMENTO NUCLEAR DESAPARECE NO IRAQUE

O director da Agência Internacional da Energia Atómica (AIEA), Mohamed El Baradei, expressou esta terça-feira a sua preocupação pelo desaparecimento no Iraque de materiais que poderão ser usados para fabricar eventuais armas nucleares. Um alerta que já seguiu para o Conselho de Segurança das Nações Unidas.
12 de Outubro de 2004 às 12:15
Mohamed El Baradei
Mohamed El Baradei FOTO: d.r.
Imagens captadas por satélite mostram que houve edifícios que desapareceram na sua totalidade, instalações que haviam sido visitadas anteriormente por inspectores da AIEA, sem que tenha sido efectuado qualquer registo do seu desaparecimento.
Num relatório dirigido ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, El Baradei assinala que nas imagens por satélite que a AIEA solicita regularmente foi detectado um desmantelamento sistemático das instalações que havia inspeccionado para determinar se o Iraque desenvolvia ou não programas nucleares.
Segundo o director da AIEA, as imagens mostram que foram desmantelados edifícios inteiros onde eram guardados equipamentos de alta precisão que podiam ser usados para fabricar armas nucleares. Foi ainda retirado de armazéns no Iraque material que podia ser usado tanto para fins militares como civis, desconhecendo-se o destino que lhes foi dado.
O governo interino do Iraque já reagiu a este alerta. O ministro da Ciência e Tecnologia, Rashad Omar, declarou: "Somos transparentes. Ficamos satisfeitos se a AIEA, ou qualquer outra organiozação venha e inspeccione".
O ministro iraquiano garantiu que as instalações colocadas sob a sua tutela estão seguras e sob controlo e declarou que nada desapareceu desde a onda de pilhagens desencadeada nos momentos finais da derrota militar do regime de Saddam Hussein, em Abril do ano passado. Rashad Omar manifestou ainda estranheza pelo facto de a AIEA não ter levantado o problema há cerca de um mês, quando inspectores daquela agência estiveram no Iraque e inspeccionaram diversas instalações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)