Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Escândalo político na Alemanha

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Joschka Fischer, disse esta segunda-feira que assume total responsabilidade por qualquer erro cometido pelo seu ministério acerca de uma controversa emissão de vistos que ameaça prejudicar o governo federal.
14 de Fevereiro de 2005 às 13:23
“Por quaisquer erros cometidos por colegas meus, eu serei o político responsável”, afirmou Fischer em Berlim.
Ultimamente, têm sido levantadas algumas questões relativamente a um alegado alívio por parte das autoridades diplomáticas alemãs nas restrições à emissão vistos turísticos no período compreendido entre Março de 2000 e 2004, o que terá permitido a entrada de muitos estrangeiros na Alemanha, especialmente originários da Europa de Leste.
Christian Wulff, primeiro-ministro do governo do Estado da Baixa Saxónia, afirmou, esta segunda-feira, que Fischer deveria demitir-se. Mas o chanceler alemão, Gerhard Schroeder, disse que mantém plena confiança no seu ministro, oferecendo-lhe total apoio.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)