Autoridades tentam resgatar menino de dois anos de um poço com mais de 100 metros

Deslizamento de terras está a complicar os trabalho em Málaga, Espanha.
14.01.19
Julen, um menino de dois anos caiu este domingo num poço com 110 metros de profundidade e cerca de 25 centímetros de diâmetro na região de Dolmen Del Cerro De La Corona, em Málaga, Espanha.

O alerta foi dado por volta das 14h00 locais (13h00 em Lisboa), altura em que as equipas de socorro foram chamadas ao local. 

Segundo o governo espanhol, aquele é um buraco de prospeção para procurar água. O deputado Francisco Delgado Bonilla, sublinhou a "complexidade técnica" envolvida nos trabalhos de resgate, apontando em comunicados à Europa Press que o poço em questão "aparentemente não tinha proteção".

Os trabalhos de resgate do menino duraram toda a noite e foram dificultados por um deslizamento de terras naquela área. Mais de uma centena de militares da Guardia Civil foram mobilizados para os trabalhos de socorro. 

O porta-voz da Guardia Civil disse aos jornalistas que não vão parar até retirar o menino e que mantêm a esperança de o retirar com vida. 

A subdelegada do Governo de Málaga, María Gámez assegurou que a prioridade é localizar o menino dentro do poço e retirá-lo. Segundo a mesma fonte, já foram retirados 30 centímetros de terra.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!